Passar para o Conteúdo Principal
o que fazer
logo world's best fish
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Máx C
Mín C
Instagram

Exposição “Da Luz e das Sombras”

As minhas visitas

Chart?chst=d map spin&chld=0
1312a
Datas
16.01.20 a 22.03.20

A exposição “Da Luz e das Sombras” apresenta mais de 150 trabalhos da autoria de Manuel Lapa (1914-1979) Lisboa, 20.09.1914 – 11.12.1979), um dos mais importantes ilustradores e artistas gráficos da segunda geração do Moderninsmo português.

Diplomado pela Escola de Belas-Artes de Lisboa, foi professor na mesma instituição. Exerceu uma atividade prolífica e marcante entre as décadas de 1940 e 70, tendo-se destacado na produção de trabalhos icónicos ao serviço da propaganda do Estado Novo, de que a direção de arte da Exposição do Mundo Português (1940) é o expoente máximo.

Dirigiu e/ou colaborou com revistas como a Panorama, Diana ou Atlântico. Participou em várias exposições e integrou a equipa de artistas-decoradores do Museu de Arte Popular. Em 1947 foi-lhe atribuído o Prémio Domingos Sequeira. Fez parte do núcleo de fundadores do IADE/ Instituto de Arte, Decoração e Design de Lisboa. Deixou uma vasta obra nas áreas da ilustração e design editorial, hagiografia e figurinismo para cinema.

A exposição resulta de uma parceria entre as autarquias de Matosinhos e de Setúbal e a esad–idea, Investigação em Design e Arte. Aliás, esta mesma exposição foi pela primeira vez apresentada ao público no âmbito da Festa de Ilustração de Setúbal 2019.

Com curadoria do designer Jorge Silva, a mostra reúne 34 originais (desenhos e maquetes), 66 impressões digitais em papel (a partir de ilustrações de livros), 56 peças impressas (cartazes, livros e revistas) e ainda três ilustrações em vinil recortado, de grandes dimensões.
O catálogo da exposição, intitulado “Manuel Lapa – Ilustração”, da Editora Arranha-Céu, também da autoria de Jorge Silva, apresenta cerca de 300 peças, onde se incluem as que estão expostas.

De Manuel Lapa, Jorge Silva destacou o “seu percurso relativamente singular”, lembrando que, embora não fosse apologista do regime, “os valores da propaganda do Estado Novo manifestam-se em algumas peças”. “Em muitas coisas era um conservador, um tradicionalista, no que diz respeito aos costumes, às ideologias e às crenças, mas como artista gráfico era modernista”, explicou.

A cerimónia de inauguração contou ainda com a participação do Presidente do Conselho Científico e Professor Coordenador da ESAD - Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos, José Bártolo, que salientou a importância desta exposição na Casa do Design que, “mais uma vez, dá a conhecer mais uma referência na história do nosso design”.

A exposição estará aberta ao público na Casa do Design até 22 de março. A entrada é livre.

1289a
1287a
1292a
1290a
1291a
1288a
1293a
Morada

Edifício Paços do Concelho, Rua de Alfredo Cunha, 4450-009 Matosinhos, Portugal

Coordenadas
Latitude
41.1832405
Longitude
-8.682965
Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visitas
0 visitas
Total de Visualizações
150 visualizações

Próximos

Sugestões