Passar para o Conteúdo Principal
o que fazer
logo world's best fish
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Máx C
Mín C
Instagram

“Helena Almeida- Habitar a Obra”

As minhas visitas

evento_expo_serralves_1_2500_2500
Datas
07.03.20 a 19.04.20


Inauguração da exposição decorre amanhã, pelas 17 horas na Galeria Municipal

A obra de Helena Almeida (1934-2018) regressa a Matosinhos, já a partir de amanhã, agora numa exposição individual, no âmbito de uma parceria entre a Câmara Municipal e a Fundação de Serralves, que visa dar a conhecer alguns dos grandes nomes da arte contemporânea mundial através da realização de exposições itinerantes.

Artista multifacetada, que explorou meios como o desenho, a pintura, o vídeo, a fotografia ou a instalação, Helena Almeida, recorde-se, foi uma das artistas representadas na exposição “Mesa dos Sonhos: Duas coleções de arte contemporânea”, que esteve patente no ano passado na Galeria Municipal de Matosinhos.
A exposição que chega agora a Matosinhos, intitulada “Helena Almeida- Habitar a Obra”, apresenta obras da artista plástica da coleção da Fundação de Serralves.

Helena Almeida produziu desde a década de 1960 uma obra singular caracterizada por um marcado interesse pelo corpo, o seu lugar central — que regista, ocupa e define o espaço — e o seu encontro performativo com o mundo. As primeiras telas abstratas da artista abordavam de forma crítica os limites do espaço pictórico e as condições literais da pintura. Esse interesse estendeu-se nos anos 1970 à fotografia, onde o inconfundível espaço do ateliê da artista e o corpo feminino, fragmentado ou parcialmente obscurecido, se tornaram presenças recorrentes. É o caso da obra Sem título, de 1994-95, que integra esta exposição: uma sequência fotográfica de vinte elementos onde a artista se fez fotografar a distâncias várias e onde a escala e o número de elementos que a constituem, associados à dimensão espacial que sobressai do percurso/performance da artista pelo espaço fotografado, revelam uma abordagem inovadora à relação do corpo com o espaço.

Apesar de trabalhar em meios vários, a artista delineia meticulosamente esta coreografia e a composição de muitas das suas obras em estudos e desenhos preparatórios que evidenciam a sua utilização da cor e o poder psicológico do corpo humano.

A exposição “Helena Almeida: Habitar a Obra” pode ser vista de 7 de março a 19 de abril, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, aos sábados, domingos e feriados, das 15h00 às 18h00.

Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visitas
0 visitas
Total de Visualizações
95 visualizações

Sugestões