Passar para o Conteúdo Principal
world best fish
logo world's best fish
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Máx C
Mín C
Instagram

O que não pode perder este fim de semana em Matosinhos

Quinta conceicao 19 1 980 2500
22 Junho 2022

Dê as boas-vindas ao verão, em Matosinhos, com atividades ao ar livre, oficinas, feiras, exposições, entre outras sugestões para todos os gostos! Consulte aqui a nossa programação para este fim de semana.

Feira dos Golfinhos – Jardim Basílio Teles

Considerada, de início, como uma feira de antiguidades, a Feira dos Golfinhos é hoje um ponto de passagem obrigatória para colecionadores de toda a gama de objetos, antigos e modernos. Livros, discos de vinil, brinquedos, decoração, moedas e selos, cristais, bordados, atoalhados, objetos de relojoaria e ourivesaria, são alguns dos artigos que podem ser encontrados nesta emblemática feira do nosso município, que se realiza sempre no quarto domingo de cada mês, das 10.00 às 18.00, no Jardim de Basílio Teles.

A próxima edição da Feira dos Golfinhos vai ter uma banda sonora que promete dar que ouvir e dançar a vendedores e clientes desta emblemática feira do nosso município! Swing, Charleston e Blues são os sons da “swing dances” dos anos 20 a 40 do século XX são os ritmos que durante os meses de verão prometem animar as tardes da Feira dos Golfinhos, propondo uma sonoridade de outros tempos num convite para ficar e dançar.
Programação paralela da Feira dos Golfinhos (a decorrer no Coreto):
• Sessão de música vintage: 15:00-18:00
• Demonstração e aula de dança vintage: 16:00-17:00
Quando: 26 de junho, das 10h00 às 18h00
Onde: Jardim Basílio Teles

 


 

Jazz na Real Vinícola - Uma viagem pelos tempos do jazz

O Jazz na Real Vinícola está de volta com um conjunto de imperdíveis concertos, que decorrerão durante o mês de junho, na praça da Real Vinícola, com entrada livre.

O concerto com a Orquestra de Jazz de Matosinhos e Manuela Azevedo tem lugar no próximo sábado 25 de junho, pelas 18h00.
Programação Jazz na Real Vinícola em: https://www.cm-matosinhos.pt/servicos-municipais/comunicacao-e-imagem/eventos/evento/ojm-manuela-azevedo 
Quando: 25 de junho, às 18h00
Onde: Praça da Real Vinícola

 


 

Piscina das Marés e da Quinta da Conceição – Leça da Palmeira

Com o bom tempo, as piscinas ao ar livre constituem uma excelente alternativa à praia. Além das águas mais tranquilas e de temperaturas mais convidativas, as piscinas ao ar livre proporcionam um ambiente sossegado, em contacto com a natureza, para famílias e não só. São ótimas para dar um mergulho, descontrair numa espreguiçadeira, ler um livro, conversar, brincar ou até usufruir de uma esplanada.

Em Matosinhos, reabriram, no passado dia 10 de junho, as piscinas da Quinta da Conceição e das Marés, ambas da autoria do arquiteto Álvaro Siza.

Piscina da Quinta da Conceição
Morada: Avenida Antunes Guimarães, 13 // Rua de Vila Franca
Tel: +351 935 222 148
Horário: todos os dias (durante a época balnear), entre as 09h00 e as 19h00
Bilhetes: https://matosinhosport.sincelo.pt/portal/bilheteira.php 

Piscina das Marés
Morada: Avenida da Liberdade, Leça da Palmeira
4450-716 Leça da Palmeira
Tel: +351 229 364 090
Horário: Todos os dias (durante a época balnear), das 09h00 às 19h00
Bilhetes: https://matosinhosport.sincelo.pt/portal/bilheteira.php 
Quando: de 10 de junho até ao fim da época balnear
Onde: Leça da Palmeira

 


 

Celebração do 70.º Aniversário do Mercado Municipal de Matosinhos // 1952-2022

O Mercado de Matosinhos está de parabéns! E para celebrar a história e as histórias deste Mercado, a Câmara Municipal de Matosinhos deu início a um programa que irá comemorar as suas 7 décadas de vida e de vidas, durante 7 meses, decorrendo de 27 de maio a 27 de dezembro, com conteúdos assentes no que o Mercado de Matosinhos é desde sempre… um mercado onde cabe toda a gente e onde moram todas as cores da natureza. Um local onde é possível encontrar os melhores sabores e os melhores na arte de os fazer saber ainda melhor. Um local que transpira e inspira criação, que faz bem ao corpo e à alma e onde todos são bem-vindos!

Mais informações e programação completa em www.cm-matosinhos.pt e https://www.facebook.com/MercadosMunicipaisDeMatosinhos 
Quando: de 27 de maio a 27 de dezembro
Onde: Mercado Municipal de Matosinhos

 


 

Mercado a Brincar – Residência artística de Simão Bolivar

O Mercado de Matosinhos vai ser transformado num brinquedo… pelas mãos e pelo talento do artesão Simão Bolivar! E todos estão convidados para ver nascer esta bonita brincadeira. O processo será desenvolvido no mercado, em conjunto com operadores e clientes, e o objetivo é a criação de um brinquedo de grande formato que irá representar o dia a dia do Mercado, através de uma banca onde se vão misturar todos os sabores e todas as cores. No âmbito desta residência será igualmente desenvolvido um brinquedo de pequeno formato para oferta aos atuais operadores do mercado.

Esta iniciativa integra-se no programa de celebração dos 70 anos deste emblemático espaço de comércio tradicional do nosso município, que teve início no passado dia 27 de maio e que se prolongará até 27 de dezembro, e durante o qual serão celebradas e convocadas todas as gerações que hoje, como há 70 anos, ainda se cruzam neste espaço de encontro.
BIOGRAFIA SIMÃO BOLIVAR
Simão Bolívar é artesão construtor de brinquedos, criador do projeto Simão Feito à Mão -brinquedos com materiais reaproveitados- iniciado em 2007 além deste trabalho onde cria e executa peças dotadas de movimento e imaginação, inspiradas em brinquedos populares. Também ministra oficinas e workshops, sempre a volta do brinquedo e do universo lúdico, onde recorre a materiais mais acessíveis como os plásticos, cartão e o papel.
Quando: 1 de junho a 31 de julho
Onde: Mercado Municipal de Matosinhos

 


 

“Gesto sem Fronteiras” – Galeria Municipal

Exposição coletiva de Valter Hugo Mãe, Luís Pedro Silva, Álvaro Domingues. Exposição de pintura, fotografia e desenho inaugura a 4 de junho na Galeria Municipal.

No espaço da Galeria Municipal vão coabitar, numa mesma exposição, três espaços de trabalho e criatividade… três visões da realidade e do Mundo… três formas de expressar e viver a arte.   Valter Hugo Mãe, Luís Pedro Silva e Álvaro Domingues vão expor em três salas distintas da Galeria Municipal de Matosinhos: “Exposição a meia-haste”, do escritor Valter Hugo Mãe; “Entre nós”, do geógrafo Álvaro Domingues e a “Exposição (quase total) com cenas, que também pode conter desenho”, do arquiteto Luís Pedro Silva.
Quando: 4 de junho a 30 de outubro
Horário da Galeria: 2ª a 6ª feira das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30
Sábado, domingo e feriados das 15h00 às 18h00
Onde: Galeria Municipal

 


 

“Portugal Pop - A Moda em Português. 1970-2020” – Casa do Design

Está patente na Casa do Design, em Matosinhos, a exposição “Portugal Pop - A Moda em Português. 1970-2020”.

Com curadoria de Bárbara Coutinho, a exposição dá a conhecer os últimos 50 anos da história da moda portuguesa e fomenta a reflexão sobre a sua identidade e o seu valor cultural, económico e social.
Da música ao espetáculo, dos ofícios tradicionais à sustentabilidade, a seleção de cerca de 200 peças inclui peças vestidas por Amália Rodrigues, António Variações, Doce, Heróis do Mar, The Gift, Joana Vasconcelos, Conan Osíris ou Cláudia Pascoal.
Em exposição estão propostas de cerca de 40 designers de diferentes gerações, percursos e linguagens, como Alexandra Moura, Alves/Gonçalves, Constança Entrudo, Dino Alves, Helena Cardoso, Filipe Augusto, José Carlos, Luís Buchinho, Maria Gambina, Maria-Thereza Mimoso, Miguel Flor, Nuno Gama, Storytailors, entre outros.
“Portugal Pop- A Moda em Português. 1970-2020” resulta de uma coprodução entre a Câmara Municipal de Matosinhos / esad–idea, Investigação em Design e Arte e a Câmara Municipal de Lisboa / MUDE – Museu do Design e da Moda, Coleção Francisco Capelo, no âmbito do programa MUDE FORA DE PORTAS.
Quando: de 19 de março a 18 de setembro
Horário: segunda a sexta-feira, entre as 09h00 e as 12h30, e as 14h00 e as 17h30; sábados, domingos e feriados, das 15h00 e as 18h00.
Onde: Casa do Design, Matosinhos - Edifício Paços do Concelho, Rua de Alfredo Cunha, Matosinhos

 


 

Senhor de Matosinhos – Luz, Momentos, Sentimentos, Emoções – Exposição de fotografia de Francisco Teixeira

O rosto de Maria Esteves, a mais antiga louceira da Feira da Louça do Senhor de Matosinhos, constitui a primeira de 40 imagens que Francisco Teixeira selecionou para a exposição de fotografia “Senhor de Matosinhos – Luz, momentos, sentimentos e emoções”, patente na Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca.

Inaugurada no dia 21 de maio, a exposição retrata as várias facetas, entre o religioso e o pagão, da romaria com 700 anos de existência. Da cerâmica às farturas, dos carrocéis, dos gigantones aos bombos, dos doces regionais aos matraquilhos, do cavalinho “à lá minute”, do fogo de artifício ao fogo dos bonecos, todas os pormenores cabem na lente do fotógrafo.
Na sua seleção, Francisco Teixeira dá especial ênfase à devoção ao Senhor de Matosinhos, destacando o trabalho de quem decora os altares da Igreja do Bom Jesus de Matosinhos, de quem posiciona os andores para a majestosa procissão, de quem assiste, à janela (engalanada com as melhores colchas), à passagem da imagem do Bom Jesus (mesmo em tempo de pandemia), de quem participa na Eucaristia Solene no feriado municipal.
Quando: 21 de maio a 2 de julho
Onde: Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca

 


 

Exposição “Matosinhos a pescar” – CMIA Matosinhos

Sinopse: Matosinhos tem desde sempre uma ligação profunda com o Mar, talvez o Porto de Pesca de Matosinhos não tenha a importância de outros tempos, no entanto a atividade piscatória continua a ser parte integrante deste concelho, não fosse Matosinhos fortemente influenciado pela presença do Mar. Esta exposição pretende dar a conhecer esta intrínseca relação entre Matosinhos e o mar, dando especial relevo à pesca, que muito contribui para a história e cultura de Matosinhos. Esta vertente mais humana é reforçada com diferentes engenhos de pesca e réplicas de embarcações em miniatura cedidas pela NAPESMATE. Pretende-se, ainda, dar a conhecer o mar na sua vertente económica, através de testemunhos fotográficos antigos fornecidos pelo Porto de Leixões e, também, a vertente mais científica e de gestão dos recursos pesqueiros por parte do IPMA.

Quando: 1 de abril a 30 de junho de 2022
Onde: Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Matosinhos

 


 

“Fragmentos” – Exposição Prémio Pintura Augusto Gomes – 40 anos – Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery

A exposição integra as comemorações dos 40 anos do Prémio de Pintura Augusto Gomes.

O Prémio de Pintura Augusto Gomes, criado e realizado na Escola Secundária Augusto Gomes, em 1981 completou 40 anos em 2021. A Exposição do Prémio surge no enquadramento deste marco comemorativo num conjunto de fragmentos do seu espólio em obras premiadas, publicações, edições, brochuras, objetos, imagens e documentos manuscritos arquivados que constituem os seus bastidores, consolidando a sua história e continuando a sublinhar os fundamentos da arte.
Pretende-se expor um conjunto de obras agrupadas pelas temáticas —o mar, a figura humana, a abstração, desenhos e objetos que possam revelar a multiplicidade de linguagens e sensibilidades, de um projeto único.
Entrada gratuita.
Quando: de 29 de maio a 10 de julho
Onde: Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery

 


 

Exposição Aurélia de Souza. Do que vejo… - Museu da Quinta de Santiago

A exposição “Aurélia de Souza. Do que vejo…” está inserida na evocação do 1º centenário da morte da artista que envolve sete entidades parceiras, culminando com o lançamento do tão esperado Catálogo Raisonné no próximo ano de 2023.

Os municípios de Matosinhos, do Porto, o Museu Nacional Soares dos Reis, a Universidade do Porto, a Universidade Católica, o Instituto de História de Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, congregaram esforços, recursos humanos e técnicos, conforme comunicado no passado dia 1 de abril, para assim repor a relevância e o prestígio de Aurélia de Souza no panorama cultural nacional, mas, também, internacional.
A participação desta autarquia na evocação contempla a exposição que agora inaugura, programas educativos, visitas orientadas especiais, organização do Congresso Internacional “Mulheres Artistas de 1900” e a colaboração no Catálogo Raisonné.
A conceção da exposição, com curadoria conjunta de Cláudia Almeida – coordenadora do museu e Filipa Lowndes Vicente – investigadora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, parte do acervo da autarquia, uma série de 21 obras da artista que abarcam as várias temáticas desenvolvidas no decorrer da sua atividade artística, para, junto de coleções particulares e públicas, completar o seu universo estético e visual. O discurso expositivo desenvolve-se em quatro núcleos, quatro quartos de uma também casa hoje transformada em museu : Frente a frente, dedicada ao retrato, género que a artista cultivou ao longo da sua carreira; Diários da Casa, onde se exploram os interiores e exteriores da Casa – Quinta da China – lugar de intimidade e marcadamente feminino; Pintar perto e longe de Casa, onde se conjugam planos pintados, não apenas de paisagens puras, mas também de paisagens habitadas, cenas de quotidiano, rurais ou urbanos; e, finalmente, Sobre a mesa, as naturezas-mortas que Aurélia astutamente valorizou e soube executar, bem adaptadas às condições de vida feminina, sem ameaçar as expectativas da feminilidade, como fonte de rendimento profissional.
Quando: de 9 de junho a 4 de setembro | Horário: Terça a domingo e feriados das 10h às 13h e das 15h às 18h
Onde: Museu da Quinta de Santiago

 


 

Exposição permanente + Exposição Temporária “Fontão: 4.000 anos de História” - Museu da Memória de Matosinhos

Localizado no Palacete Visconde de Trevões, o Museu da Memória de Matosinhos é um espaço de encontro entre o passado e o presente de Matosinhos, desde os primórdios até à atualidade, com uma conceção museográfica marcadamente interativa, com recurso às novas tecnologias.

Tem uma exposição permanente assente nas memórias e valências do próprio edifício e do seu primeiro proprietário - Emídio Ló Ferreira, nas memórias do território de Matosinhos, dos seus lugares, das suas gentes e das suas principais atividades.
A exposição permanente vive das materialidades arqueológicas, artísticas e documentais, mas também da multimédia e da interatividade.
Para além da exposição permanente, tem uma sala para exposições temporárias. “Fontão: 4.000 anos de História”, dedicada às mais recentes descobertas arqueológicas ocorridas em escavações que estão a decorrer em Lavra, apresentando alguns fragmentos e vasos cerâmicos do período romano, recolhidos nas sepulturas, entre outros objetos, é exposição patente neste momento.
O funcionamento deste espaço museológico projeta-se, idealmente, como um work in progress, um ciclo em contínuo, passível de atualização permanente, pondo em prática uma vocação de abertura à participação da comunidade.
Quando: Horário: 3ª a 6ª das 10h-13h e 15h-18h. Sábado, domingo e feriados das 15h às 18h
Onde: Museu da Memória de Matosinhos (MUMMA)

 


 

Visitas Guiadas – Museu da Memória de Matosinhos

Instalado no Palacete Visconde de Trevões, edifício construído em 1909, o MUMMA disponibiliza aos visitantes equipamentos digitais para exploração do museu, tendo a oportunidade de visitar diferentes espaços com recurso a óculos de realidade virtual, a 360º. São já 15 os locais emblemáticos do concelho que podem conhecer e usufruir do bulício da lota, da experiência vivida numa fábrica de conservas, aproveitar a boleia de um rebocador no Porto de Leixões ou até visitar e usufruir de uma experiência na Casa de Chá da Boa Nova, entre outros.

Até ao final do ano é possível marcar visitas guiadas às 11h00 e às 16h00 ao museu através do endereço de email mumma@cm-matosinhos.pt
Quando: por marcação Horário: 3ª a 6ª das 10h-13h e 15h-18h. Sábado, domingo e feriados das 15h às 18h
Onde: Museu da Memória de Matosinhos (MUMMA)

 


 

Exposição Reasons Offsite – Casa da Arquitectura

Arquitetura pré-fabricada em exposição virtual. Com curadoria e projeto expositivo do estúdio SUMMARY, esta exposição virtual/imaterial sobre sistemas construtivos modulares e pré-fabricados conta com as participações de Pedro Ignacio Alonso & Hugo Palmarola, Jorge Christie & Martín Alvarez, Pablo Jimenez-Moreno e Yona Friedman.

“The Reasons Offsite” oferece uma experiência imersiva através da realidade virtual. Trata-se de uma exposição sobre arquitetura modular e pré-fabricada que esteve patente na Salt Gallery do Boston Society of Architects (EUA, março de 2019), na Neufert Box Weimar, integrando o programa oficial do Centenário da Bauhaus (Alemanha, Setembro de 2019), e no KÉK – Contemporary Architecture Centre Budapest (Hungria, Outubro de 2019).
Mais informações em: https://www.cm-matosinhos.pt/servicos-municipais/comunicacao-e-imagem/eventos/evento/the-reasons-offsite 
Quando: de 4 de junho a 25 de setembro
Onde: Casa de Arquitectura

 


 

Exposição Flashback | Carrilho da Graça – Casa da Arquitectura

Abriu ao público no dia 8 de abril a Exposição “Flashback / Carrilho da Graça”. A mostra, com curadoria de Marta Sequeira, tem como base o acervo relativo a mais de 40 anos de trabalho depositado na Casa da Arquitectura.

“Flashback / Carrilho da Graça” permite reviver o momento da elaboração de vários projetos representados através de desenhos, filmes, maquetas e fotografias, a que se somam diversas referências externas à sua obra provenientes de museus e coleções privadas nacionais e internacionais, convidando à exploração do processo criativo do arquiteto.
Esta exposição permite ao visitante reviver o momento da elaboração de dez projetos — numa seleção que vai do Terminal de Cruzeiros de Lisboa (2010-2018) à Casa Fonte Fria (1985-1988). Estes projetos são aqui representados através de desenhos, maquetas e fotografias pertencentes ao Acervo Carrilho da Graça, recentemente depositado na Casa da Arquitectura, mas também por um conjunto de filmes, expressamente elaborados para esta exposição por André Cepeda e Catarina Mourão, a que se junta um filme de Salomé Lamas, que retratam as obras construídas.
Quando: 8 de abril a 29 de janeiro de 2023
Onde: Casa da Arquitectura – Nave Expositiva

 


 

Cascata Gigante em Miniatura - Museu da Quinta de Santiago/ Espaço Irene Vilar

Doada ao Museu em maio de 2010, a Cascata Gigante, com cerca de 15m2, é uma reconstrução representativa da Leça de inícios do séc. XX, construída por José Moreira "o mais velho cascateiro de Leça, localidade em que está ainda muito arreigada a tradição da montagem de grandes cascatas leceiras. Dominam as representações de pormenores, monumentos, tradições e episódios históricos de Leça da Palmeira."

Visita: terça a domingo 10h-13h e 15h-18h.
Atividade: terça a sexta: 10h-12h e 15h-17h.
Onde: Museu da Quinta de Santiago / Espaço Irene Vilar


 

Contamos contigo! – Biblioteca Municipal Florbela Espanca

Dá asas à tua imaginação e vem voar pelo mundo mágico dos livros e das histórias de encantar!

Durante a Hora do Conto, as histórias, quase sempre narrativos simples e pequenos contos, são contadas de forma a entusiasmar e a despertar a imaginação dos mais novos
Quando: Sábado às 11h00 ou 15h00
Onde: Biblioteca Municipal Florbela Espanca


 

ECO-MERCADO - Feira de produtos biológicos – Jardim Basílio Teles

Aos sábados, das 9h00 às 14h00, no Jardim Basílio Teles, realiza-se uma feira de produtos hortícolas produzidos em agricultura biológica, onde poderá encontrar alternativas de alimentação mais saudável e saborosa.

Mais informações: https://www.cm-matosinhos.pt/servicos-municipais/ambiente/eco-mercado 
Quando: sábados das 9h00 às 14h00
Onde: Jardim Basílio Teles

evento_casa_arquitectura_1_1250_2500
evento_flashback_1_1250_2500
evento_portugal_pop_1_1250_2500
cmm_gestosemfronteiras_teladuplaface_1_1250_2500
jazz_na_real_vinicola_1_1250_2500
evento_aurelia_souza_1_1250_2500
evento_mercado_a_brincar_1_1250_2500
evento_fragmentos_1_1250_2500
evento_ocean_conference_1_1250_2500
FEIRA DOS GOLFINHOS - 26 JUNHO
evento_expo_foto_1_1250_2500