Passar para o Conteúdo Principal
world best fish
logo world's best fish
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Máx C
Mín C
google plus

O que não pode perder este fim de semana em Matosinhos

7a1w0010 1 980 2500
24 Abril 2019

A terra do melhor peixe do mundo - Matosinhos promete sempre muita animação para toda a família!
Aqui ficam algumas sugestões para este fim de semana.

XI edição dos Fins de semana gastronómicos - Matosinhos
Os fins de semana gastronómicos estão de regresso a Matosinhos.
Matosinhos é paragem obrigatória e de eleição, nacional e internacional, quando se pensa em almoçar ou jantar na área metropolitana do Porto. A fama dos nossos restaurantes, da sua qualidade e diversidade, é sem dúvida um dos principais produtos turísticos do concelho e da região e esta, é só mais uma boa oportunidade, para nos visitar e se deliciar!
Impulsionado pela marca Matosinhos World’s Best Fish e por diversos eventos do âmbito gastronómico, tem-se assistido ao contínuo desenvolvimento da restauração, setor de crucial importância económica no concelho.
Em Matosinhos, o “Fim-de-semana Gastronómico” decorre de 26 a 28 de abril, organizado pela Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal em parceria com a Câmara Municipal.
Os estabelecimentos de restauração aderentes oferecem UM COPO DE VINHO DE BOAS VINDAS DA NOSSA REGIÃO em todo o fim de semana gastronómico (desde o jantar de sexta-feira, dia 26 de abril, até ao almoço de domingo dia 28 de abril 2019), aos clientes que se apresentem no âmbito dos Fim-de-Semana Gastronómico.
Os empreendimentos turísticos aderentes têm como oferta um DESCONTO DE 10%, nas noites de sexta-feira (26 de abril 2019) e sábado (27 de abril 2019), aos clientes que efetuem reservas no âmbito dos Fim-de-semana Gastronómico.
De 26 a 28 de abril, visite Matosinhos e faça um roteiro com passagem pela Casa da Arquitetura, Igreja do Senhor de Matosinhos e o Mercado Municipal. Desfrute da nossa orla costeira, faça uma visita ao Museu da Quinta de Santiago e culmine este percurso a degustar as nossas especialidades de peixe grelhado e marisco. Deixe-se surpreender pela autenticidade e qualidade dos nossos pratos!
Mais informações em: http://www.matosinhoswbf.pt/pages/309?geo_article_id=687 
Quando: de 26 a 28 de abril
Onde: Matosinhos

DDD – Festival Dias da Dança - Matosinhos
O Festival DDD- Dias da Dança está de volta em 2019 e com muitas novidades. Este evento, resultante de uma parceria entre os municípios de Matosinhos, Porto e Vila Nova de Gaia, apresenta-se, na sua quarta edição, de mãos dadas com o FITEI- Festival Internacional de Teatro e Expressão Ibérica.
De 24 de abril a 12 de maio, o Festival DDD apresentará 42 espetáculos dentro e fora de portas, 21 atividades extra para todos os públicos e 6 workshops intensivos para profissionais.
Além dos espetáculos portugueses, são muitas as produções ou coproduções estrangeiras de países como Tailândia, China, Taiwan, Áustria, Bélgica, França, Brasil, Itália, Suécia, Espanha, Israel e Estados Unidos.
Destaque para os seis espetáculos que irão realizar-se em Matosinhos, (cinco dos quais em estreia absoluta) em locais como o Teatro Municipal de Matosinhos- Constantino Nery, a Casa da Arquitectura e a Marginal de Matosinhos.
O primeiro espetáculo em Matosinhos decorre já na próxima sexta-feira, 26 de abril. “Mediated Motion/ Land Project” de Daniel Pinheiro & Lisa Parra (Portugal/EUA) decorrerá na Casa da Arquitectura, pelas 18h00, seguindo-se o espetáculo “Lento e Largo” de Jonas&Lander.
No dia 28 de abril, a marginal de Matosinhos recebe “Árvores” de Clarice Lima, e a Casa da Arquitetura volta a abrir portas ao DDD com a estreia de “Acordo” de Alice Ripoll/ CIA. REC (Brasil).
Mais informações em http://www.cm-matosinhos.pt/pages/242?news_id=6112  e em https://www.festivalddd.com/ 

Programação do Festival DDD em Matosinhos para os próximos dias:
26 de abril
- 18h00
Casa da Arquitectura
“Mediated Motion/ Land Project” de Daniel Pinheiro & Lisa Parra (Portugal/EUA) M/6 - Gratuito

- 19h00
Teatro Municipal de Matosinhos- Constantino Nery
“Lento e Largo” de Jonas&Lander M/6 - 7,5€

28 de abril
- 16h00
Marginal de Matosinhos
“Árvores” de Clarice Lima M/6 - Gratuito

- 19h00
Casa da Arquitectura
“Acordo” de Alice Ripoli/CIA (Brasil) M/14 – Gratuito
Quando: 24 de abril a 12 de maio
Onde: vários locais em Matosinhos - Casa da Arquitetura, Marginal de Matosinhos e Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery

Põe-te a Mexer nas Marginais – Marginal de Matosinhos
O Põe-te a Mexer está de volta. E é já no próximo domingo que vai voltar a agitar a vida dos mais preguiçosos!
Na marginal de Matosinhos vai haver muita animação, caminhada e fitness. Gratuito e sempre com o acompanhamento de técnicos de saúde e desporto, é assim, há mais de 10 anos, o programa municipal Põe-te a Mexer organizado pela Câmara Municipal de Matosinhos e pela Matosinhos Sport - Empresa Municipal de Desporto. Participe!
Quando: 28 de abril, pelas 10h30
Onde: Marginal de Matosinhos
Feira dos Golfinhos – Jardim Basílio Teles
Se gosta de colecionismo e de antiguidades, não perca a Feira dos Golfinhos, já neste domingo!
A Feira dos Golfinhos ganhou notoriedade após o 25 de abril de 1974. Assim designada por inspiração nas armas do concelho, tem lugar no quarto domingo de cada mês nesse amplo e bem cuidado espaço diante dos Paços do Concelho, que é o Jardim Basílio Teles. Considerada, de início, como uma feira de antiguidades, é hoje cenário para colecionadores de toda a gama de objetos, antigos e modernos. A fama da Feira dos Golfinhos já mereceu destaque, em Londres, na B.B.C.
Quando: 28 de abril, das 10h00 às 18h00
Onde: Jardim Basílio Teles

Exposição “Casa de Recordações - da Monarchia à Res Publica” – Museu da Quinta de Santiago
“Casa de Recordações - da Monarchia à Res Publica” reúne no Museu da Quinta de Santiago um acervo fantástico de objetos de outros tempos, da arte sacra aos autocolantes políticos do período pós-25 de Abril.
Arte sacra portuguesa e flamenga dos séculos XVI a XVIII, peças decorativas, esculturas, pinturas, artefactos do quotidiano, fotografias, selos, medalhas e moedas, mas também pins, autocolantes, cartazes, gravuras, serigrafias, litografias, caricaturas, folhetos, panfletos e manuscritos. O acervo reunido por César Príncipe, jornalista, colecionador e divulgador cultural, compõe a exposição “Casa de Recordações - da Monarchia à Res Publica”, que abre as portas no dia 25 de abril, pelas 16 horas, no Museu da Quinta de Santiago.
Integrada no programa municipal de comemoração dos 45 anos de revolução de 25 de abril de 1974, a exposição ficará patente até 30 de junho, dando a conhecer um impressionante percurso por cerca de quatro séculos de História e de histórias. Mais do que ícones do seu tempo, os objetos reunidos por César Príncipe pretendem constituir-se como janelas abertas para o tempo passado, instigando os visitantes a refletir, investigar e descobrir.
Assente em três núcleos fundamentais – “Praça da Monarchia”, “Praça do Império” e “Praças da República” –, a exposição passa em revista objetos, documentos e obras de arte que cobrem um período que vai do século XVI ao final do século XX. Dos pesados livros que guardam as linhagens da monarquia e da casa real portuguesa aos autocolantes da campanha presidencial de Otelo Saraiva de Carvalho, César Príncipe recolheu e colecionou quase tudo o que encontrou pela frente, incluindo escarradeiras portáteis, caixas de rapé, discos de vinil com discursos do Movimento das Forças Armadas, revistas, edições raras de livros imortais, bolas de futebol, o último manual escolar da monarquia, panfletos da resistência clandestina a Salazar ou cartas a aprazar duelos.
Não faltam também as obras de arte, de uma estatueta equestre de Gustavo Bastos a um dos muitos cavalos que Álvaro Siza Vieira desenhou, sem esquecer a documentação sobre os ofícios mais ou menos tradicionais, iconografia relativa à evolução do papel da mulher na sociedade ou uma sala dedicada à memória local do Porto e de Matosinhos. O resultado assemelha-se ao cruzamento de um fascinante inventário de bricabraque com a nostalgia minuciosa de um arquivista.
Taxas: 1€ (entrada no Museu) + 1€ (visita guiada) /2€ (visita especial); Domingo das 10h às 13h entrada gratuita.
Quando: de 25 de abril a 30 de junho | horário: Terça a Domingo e Feriados das 10h às 13h e das 15h às 18h. Encerra à 2ªf.
Onde: Museu da Quinta de Santiago

“Brito Capelo: memória(s) de uma rua” - Matosinhos
A exposição “Brito Capelo: memória(s) de uma rua” já pode ser visitada. A inauguração decorreu com uma visita guiada levada a cabo pelo historiador Joel Cleto, que é também o comissário desta exposição que permite fazer uma visita às memórias da Brito Capelo.
Composta por reproduções de pinturas, cartas e fotografias do Arquivo Municipal de Matosinhos, a exposição poderá ser visitada até ao dia 13 de maio, entre a chamada rotunda da anémona (a Praça Cidade S. Salvador) e o Mercado Municipal de Matosinhos, percorrendo a história e a memória de uma rua com um lugar privilegiado na identidade da cidade.
Do carreiro de terra batida que era atravessado pelo comboio que transportava os materiais para a construção do Porto de Leixões à chegada do metropolitano de superfície, a exposição passa revista aos vários momentos da vida de uma artéria que os matosinhenses guardam no coração. A chegada das conserveiras e dos armazéns de vinhos, a linha 19 do elétrico que trazia do Porto os veraneantes que enchiam a praia, os desfiles, as paradas, as tradições, as procissões ou o tempo em que a entrada para as Festas do Senhor de Matosinhos se fazia pelo cruzamento com a Rua do Godinho são alguns dos momentos recordados pela exposição “Brito Capelo: memória(s) de uma rua”.
Refira-se que “Brito Capelo: memória(s) de uma rua” integra o programa Primavera em Matosinhos, a decorrer desde 30 de março e que pretende dinamizar e revitalizar o comércio tradicional e local.
Quando: até 13 de maio
Onde: Rua Brito Capelo

Primavera em Matosinhos – Mercado Municipal de Matosinhos, Rua de Brito Capelo e as zonas envolventes
A primavera chegou a Matosinhos para dar mais cor ao comércio tradicional. O programa de animação que a Câmara Municipal de Matosinhos preparou em parceria com a Associação Empresarial do Concelho de Matosinhos “Primavera em Matosinhos” arrancou no dia 30 de março e vai-se estender até meados de maio com muitas atividades previstas para o Mercado Municipal de Matosinhos, Rua de Brito Capelo e as suas zonas envolventes.
Valorizar o comércio tradicional, incentivar a atividade económica nas principais artérias comerciais e recuperar a memória coletiva de um dos mais antigos e emblemáticos polos do comércio tradicional são os principais objetivos deste programa de animação.
À semelhança do que já aconteceu na quadra natalícia, haverá um concurso de montras, mas dedicado ao “Dia da Mãe”, entre 27 de abril e 4 de maio. A melhor montra será premiada.
Destaque ainda para a exposição “Memória(s) de uma Rua”, da autoria de Joel Cleto, inaugurada no dia 13 de abril, que pode ser apreciada ao longo da Rua Brito Capelo, ligando esta artéria ao Mercado Municipal.
Workshops, jogos tradicionais, música e passeios de bicicleta elétrica são outras das iniciativas previstas.
Mas as surpresas não se ficam por aqui. De 13 de abril a 18 de maio, quem fizer compras no comércio tradicional num valor superior a 20€, ficará habilitado a um vale de compras nas lojas aderentes. Durante o mesmo período, haverá ainda a distribuição de prémios imediatos.
Mais informações em: http://www.cm-matosinhos.pt/pages/1464?event_id=4920 
Quando: de 30 de março a 18 de maio
Onde: Mercado Municipal de Matosinhos, Rua de Brito Capelo e as suas zonas envolventes.

Chapatim Roller Cup – Matosinhos
Matosinhos recebe de 23 a 28 de abril o Chapatim Roller Cup, uma competição internacional de patinagem artística que terá como palco o Pavilhão Municipal de Custóias.
Será uma semana de grandes desafios para todos os atletas envolvidos que serão postos à prova nas vertentes Dance Couples & Solo Dance. Uma excelente oportunidade para ver as estrelas da patinagem!
Quando: de 23 a 28 de abril
Onde: Pavilhão Municipal de Custóias

Gymsport – 10ª edição - Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos
Nos dias 27 e 28 de abril, o Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos recebe a 10ª edição do Gymsport, a maior competição internacional de ginástica artística realizada com regularidade em Portugal e que irá por à prova atletas de diversas nacionalidades e categorias nesta modalidade. Cerca de 150 ginastas de 11 nacionalidades estão já inscritos.
Pelo quarto ano consecutivo e tendo em conta o elevado número de atletas inscritos, esta edição vai ser disputada em 2 dias, com duas sessões no sábado, dia 27 de abril (10h00 e 15h30) e as finais a decorrerem no domingo, dia 28 de abril, pelas 10h00 (juvenis) e 15h00 (juniores e seniores).
Finalmente lembremos que esta prova é uma organização do centenário clube portuense Sport Club do Porto, contando pela segunda vez consecutiva com a colaboração da autarquia de Matosinhos, para além da Federação de Ginástica de Portugal e da Associação de Ginástica do Norte.
Mais informações em: http://gymsport.org/index.php/en 
Quando: 27 e 28 de abril
Onde: Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos

Campeonato Nacional de Culturismo e Fitness - Pavilhão Municipal de Guifões
O Pavilhão Municipal de Guifões vai receber já no próximo fim de semana mais um evento desportivo. Nos dias 27 e 28 de abril, venha assistir à prova rainha do culturismo português onde serão galardoados os novos campeões nacionais!
Quando: 27 e 28 de abril
Onde: Pavilhão Municipal de Guifões

Festas de aniversário no museu: “O museu é mais velho do que eu!” – Museu da Quinta de Santiago
O Museu da Quinta de Santiago promove festas de aniversário para crianças dos 6 aos 12 anos. As festas infantis incluem uma visita especial ao museu ou à cascata gigante e a realização de uma oficina. Os preços dependem do número de participantes: até 15 crianças: 5€ cada e a partir de 16 participantes: 4,50€, com um mínimo de 10 e máximo de 25 crianças. Para mais informações contatar casadobosque@cm-matosinhos.pt ou pelo telefone 229 392 410.
Quando: sábados, 20 e 27 de abril, das 10h00 às 13h00 ou das 15h00 às 18h00.
Onde: Museu da Quinta de Santiago | Espaço Irene Vilar

Vem Descobrir a Cascata Gigante – Museu da Quinta de Santiago / Espaço Irene Vilar
Doada ao Museu em maio de 2010, a Cascata Gigante, com cerca de 15m2, é uma reconstrução representativa da Leça de inícios do séc. XX, construída por José Moreira ""o mais velho cascateiro de Leça, localidade em que está ainda muito arreigada a tradição da montagem de grandes cascatas leceiras. Dominam as representações de pormenores, monumentos, tradições e episódios históricos de Leça da Palmeira."
ATIVIDADE: Visita à Cascata Gigante; Atividade de expressão plástica: modelagem em barro ou gesso.
Atividade: 1€ visita guiada + 2€ Atelier l p/ participante. Nº mín. de participantes:5.
Nº max.de participantes: 20. Inscrição Obrigatória. A ação é gratuita para escolas do concelho de Matosinhos; Visita: 1€
Quando: Atividade: Terça a Sexta: 10H-12H/15H - 17H ; Visita: Terça a Domingo e Feriado: 10h-13h/15h - 18h
Onde: Museu da Quinta de Santiago / Espaço Irene Vilar

Feira de produtos biológicos – Jardim Basílio Teles
Aos sábados, das 9h00 às 14h00, no Jardim Basílio Teles, realiza-se uma feira de produtos hortícolas produzidos em agricultura biológica, onde poderá encontrar alternativas de alimentação mais saudável e saborosa.
Quando: sábados das 9h00 às 14h00
Onde: Jardim Basílio Teles

“Em cada passo, um sentido” - Exposição do Caminho Português da Costa – Loja Interativa de Turismo de Matosinhos
Matosinhos recebe a exposição “Em cada passo, um sentido” do Caminho Português da Costa.
A Loja Interativa de Turismo de Matosinhos terá em exibição até 19 de maio, a exposição itinerante “Em cada passo, um sentido”, do Caminho Português da Costa.
Esta exposição singular pretende dar a conhecer o Caminho Português da Costa, através do olhar de um verdadeiro peregrino, António Luís Campos, autor das fotografias patentes. Este fotógrafo profissional da vida natural e paisagística, que colabora com publicações como a National Geographic, e que, paralelamente, exerce a atividade de líder de viagens, apresenta a experiência do Caminho Português da Costa, de uma forma peculiar, dando um sentido único a esta rota histórica, tornando-a numa vivência memorável. O objetivo é transportar os visitantes através do Caminho, quer pela experiência visual, como auditiva e até mesmo pela tátil que é proporcionada, pelo trajeto geográfico, em que o território que acolhe o Caminho da Costa está sequencialmente representado, respeitando a ordem do percurso no terreno. A valorização do Caminho Português da Costa encontra-se integrada numa Rede Intermunicipal, da qual a Câmara Municipal de Matosinhos é parte integrante.
Quando: até 19 de maio
Onde: Loja Interativa de Turismo de Matosinhos

Exposição Sinal - 100 anos de Design das Comunicações e dos Correios em Portugal – Casa do Design
A exposição “SINAL” abriu as portas em Matosinhos a 9 de março para mostrar como evoluiu o design das marcas, dos equipamentos, dos fardamentos e dos serviços.
Organizada pela Câmara Municipal de Matosinhos, pela Fundação Portuguesa das Comunicações e pela esad–idea, Investigação em Design e Arte, “SINAL – 100 Anos de Design das Telecomunicações e dos Correios em Portugal” estará patente até 14 de julho na Casa do Design, em Matosinhos, e mostra como a evolução tecnológica andou a par do desenvolvimento do design nacional e das principais correntes estéticas que lhe estão associadas.
Com curadoria de José Bártolo, a exposição cobre um período temporal que vai do final do século XIX à entrada no século XXI, explicitando de que modo as telecomunicações e os correios reconfiguraram a vida pública e privada do país. Da instituição do código postal à criação do Correio Azul, passando pela memória da empresa de Correios, Telégrafos e Telefones (CTT) e da TLP-Telefones de Lisboa e Porto, “SINAL” acompanha a par-e-passo uma história que, nos últimos 30 anos, foi capaz de alterar de forma radical o modo como vivemos e nos relacionamos.
Mais informação em: http://www.cm-matosinhos.pt/pages/242?news_id=6073 
Quando: de 9 de março até 14 de julho de 2019 |
Onde: Casa do Design. horário: 2ªa 6ª feira das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Sábados, Domingos e Feriados: 15h00 às 18h00.

Exposição Joaquim Neves dos Santos no Castro de Guifões - Galeria Biblioteca Municipal Florbela Espanca
A galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca acolhe até 25 de maio mais uma exposição.
“Memórias do Monte Castêlo: 100 anos do nascimento de Joaquim Neves dos Santos” abriu portas no dia 29 de março, na Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca, apresentando o património arqueológico do Castro de Guifões desde Joaquim Neves dos Santos até à investigação científica mais recente.
A exposição pretende, assim, divulgar o Castro do Monte Castêlo, a história da investigação arqueológica no local, e o trabalho de investigação arqueológica realizado pelo explorador, responsável também pela primeira Carta Arqueológica do Concelho de Matosinhos e por um levantamento exaustivo dos vestígios arqueológicos existentes no concelho. Os registos e descrições por ele legadas constituem, hoje, o único acesso possível a alguns vestígios do passado de Matosinhos, entretanto desaparecidos.
Quando: 29 de março até 25 de maio | horário: De 2ªf a 6ªf: 9h30 – 19h; Sábados: 09h30 – 12h30/ 13h30 – 17h30
Onde: Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca

Exposição “Uma coisa/ One Thing” - José Predro Croft – Galeria Municipal de Matosinhos
Duas esculturas em aço, vidro e espelho, dezoito gravuras de diferentes formatos e um desenho compõem a exposição “Uma Coisa/One Thing”, que traz à Galeria Municipal de Matosinhos o resultado da exploração artística de José Pedro Croft em torno das relações entre a arte, a arquitetura e o espaço. Com a curadoria a cargo de Delfim Sardo, a exposição foi inaugurada a 30 de março e ficará patente até ao dia 11 de maio.
José Pedro Croft, recorde-se, é autor do conjunto escultórico “Medida Incerta”, que representou Portugal na Bienal de Veneza de 2017. A obra foi adquirida pela Câmara Municipal de Matosinhos e instalada no conjunto cultural da Real Vinícola, junto à Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura, a fim de sublinhar, precisamente, a relação que a peça estabelece com a métrica da arquitetura de Álvaro Siza Vieira.
A exposição “Uma Coisa/One Thing” dá, assim, sequência à colaboração iniciada em Veneza e ao programa cultural que presidiu à aquisição de “Medida Incerta”, permitindo aprofundar a perceção da importância do cruzamento de perspetivas na obra de José Pedro Croft.
A entrada livre.
Quando: de 30 de março até 11 de maio | horário: 2ª a 6ª feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30; sábados, domingos e feriados, das 15h00 às 18h00
Onde: Galeria Municipal de Matosinhos

Irradiações – Fabio Penteado” - Casa da Arquitectura
A Casa da Arquitectura inaugurou recentemente a exposição “Irradiações – Fabio Penteado” que fica patente até 26 de maio na Galeria da Casa. Com curadoria de Francesco Perrotta-Bosch, esta é a primeira exposição individual de Fabio Penteado (1929-2011) em Portugal e marca o início das celebrações dos 90 anos do arquiteto brasileiro.
Mais informações em: http://casadaarquitectura.pt/irradiacoes-fabio-penteado/ 
Quando: 23 de fevereiro a 26 de maio.
Onde: Casa da Arquitectura

Obra "Medida Incerta" – Esculturas de José Pedro Croft - Real Vinícola
Depois de ter representado Portugal na edição de 2017 da mais importante bienal do mundo, em Veneza, a obra “Medida Incerta”, de José Pedro Croft, já está na sua casa definitiva, na Real Vinícola, em Matosinhos.
Ao todo, são seis esculturas em aço, vidro e espelho, com medidas de três por seis metros ligadas a estacas, e que pesam 140 toneladas. O objetivo é refletir a realidade em seu redor.
A estrutura foi adquirida em março pela Câmara Municipal de Matosinhos.
Refira-se que José Pedro Croft é considerado o mais importante escultor português da geração surgida na década de 1980, tendo sido escolhido para criar a obra que representou Portugal na Bienal de Veneza deste ano.
“Medida Incerta” foi pensada para dar sequência à exposição de 2016, dedicada aos complexos habitacionais desenhados por Álvaro Siza Vieira, tendo estado instalada, durante a bienal, na Villa Hériot da ilha da Giudecca, a poucos metros de um projeto do arquiteto, com cuja métrica a obra de arte dialoga.
A instalação definitiva de “Medida Incerta” junto da Casa da Arquitectura, escolhida por José Pedro Croft, permite, assim, retomar o diálogo entre as duas artes, presente na sua génese. O curador da representação portuguesa em Veneza, João Pinharanda, salienta que, a despeito do “diálogo rítmico com a métrica” do projeto de Álvaro Siza, as esculturas de Croft “são claramente autónomas dessa referência”, desenvolvendo “metáforas de energia (aceleração, instabilização e efemeridade, vertigem ou multiplicação)”.
As peças de “Medida Incerta” foram visitadas em Veneza por 16.110 pessoas entre maio e novembro. As esculturas, com uma altura que ronda os oito metros, estão agora distribuídas pelo espaço do antigo quarteirão industrial de Matosinhos, reabilitado pela Câmara Municipal de Matosinhos para acolher a Casa da Arquitetura e a Orquestra Jazz de Matosinhos.
José Pedro Croft nasceu no Porto em 1958. Em 1981, concluiu o curso de pintura em Lisboa na Escola Superior de Belas Artes. A sua obra está representada em diversas coleções públicas e privadas, nomeadamente no Banco Central Europeu, em Frankfurt (Alemanha), no Museu Rainha Sofia, em Madrid (Espanha), no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Brasil) e na Coleção Albertina, em Viena (Áustria).
Em Portugal, está presente nas coleções da Caixa Geral de Depósitos, da Fundação Calouste Gulbenkian, do Museu Berardo e o Centro Cultural de Belém, em Lisboa, na coleção António Cachola, no Museu de Arte Contemporânea de Elvas, e na Fundação de Serralves, no Porto, entre outras.
Quando: horário de inverno: de terça a sexta-feira – das 10h00 às 18h00/sábados, domingos e feriados – das 10h00 às 19h00
Onde: Edifício da Real Vinícola

Exposição Coleção do Brasil / Infinito Vão “90 anos da arquitetura brasileira” – Real Vinícola
A Coleção Brasil, que engloba 90 anos de arquitetura brasileira, é constituída por 103 projetos e mais de 50 mil elementos, onde se destacam desenhos, fotografias, documentos textuais, filmes, maquetas e até cerâmicas, entre outros.
Esta coleção irá ser apresentada ao público através de uma grande exposição, a mais representativa feita até à data sobre arquitetura brasileira, com curadoria de Fernando Serapião e Guilherme Wisnik.
A exposição inaugurada no dia 28 de setembro na Casa da Arquitectura, conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República.
A mostra será acompanhada por uma extensa programação paralela que decorrerá até abril de 2019 em Portugal e no Brasil.
Mais informações e programação completa em: http://casadaarquitectura.pt/exposicao-infinito-vao-90-anos-arquitetura-brasileira-inaugura-nos-dias-28-29-30-setembro-inumeras-atividades-gratuitas/ 
Quando: de 28 de setembro até 28 de abril de 2019
Onde: Casa da Arquitectura

“Dominguinhos” - Mar Shopping
Os Dominguinhos voltaram em 2019 e o Mar Shopping promove atividades lúdicas dedicadas aos mais novos onde estes poderão conhecer curiosidades sobre a natureza. Os “Dominguinhos” são compostos por diferentes temáticas mensais e surgem da parceria com a Catavento, empresa da incubadora de indústrias criativas da Fundação de Serralves, que se dedica a projetos educativos. A entrada é livre.
Mais informações em: https://www.marshopping.com/pt-pt/matosinhos/events/dominguinhos-2019 
Quando: domingos, pelas 11 horas.
Onde: Mar Shopping

image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title