Quinta da Conceição

63 1 100 100

DE CONVENTO FRANCISCANO A REFERÊNCIA DA ARQUITETURA

Localizado na margem direita do porto de Leixões e debruçado sobre este, o belo e extenso parque público da cidade foi, entre 1481 e 1834, um
convento franciscano de que ainda restam relevantes vestígios: claustro, capela, portal de entrada... Da sua evocação a Nossa Senhora da Conceição
resulta a atual designação: Quinta da Conceição. Adquirida nos finais do séc. XIX para a construção do porto, passou em meados do XX para a posse do Município que a transformou num espaço público de lazer.
O projeto foi entregue ao arquiteto Fernando Távora que desenvolveu, na década de 1960, um conjunto de notáveis intervenções de qualificação,
com destaque para os percursos pedonais, o campo de ténis e para a piscina, cuja concepção confiou ao seu jovem ex-aluno Álvaro Siza Vieira que aqui materializou uma das suas primeiras obras.