Passar para o Conteúdo Principal
world best fish
logo world's best fish
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Máx C
Mín C
google plus

Em Matosinhos, já cheira a chocolate.

Venha a matosinhos. espreite aqui esta e outras sugest es para os pr ximos dias.cold smooth  tasty. 1 980 2500
07 Fevereiro 2018


É já na próxima sexta-feira que os mais gulosos vão ver os seus sentidos ficar ainda mais apurados. A Festa do Chocolate tem início marcado para o dia 9 de fevereiro e promete agitar sensações, emoções e corações, de tão recheada que está de provocações de chocolate.
Venha a Matosinhos. Espreite aqui esta e outras sugestões para os próximos dias.

Festa do Chocolate – Jardim Basílio Teles
A Festa do Chocolate está de volta a Matosinhos, prometendo fazer as delícias de miúdos e graúdos de 9 a 25 de fevereiro.
Como é já habitual, a Festa realiza-se numa tenda climatizada em frente aos Paços do Concelho. A entrada é gratuita e, por isso, não existem motivos para ficar em casa.
Os amantes do chocolate poderão deliciar-se com os bombons, bombocas, tabletes, brigadeiros, chocolate quente ou frio e muitas outras iguarias.
O certame, organizado pela Câmara Municipal de Matosinhos e pela Andarte, conta com a presença de cerca de 25 expositores chocolateiros, workshops, showcooking, estátuas de chocolate e muita animação.
Visite de segunda a sexta das 12h00 às 23h00 e aos fins de semana das 11h00 às 23h00.
Quando: de 9 a 25 de fevereiro
Onde: Jardim Basílio Teles, em frente ao Paços do Concelho de Matosinhos

Concerto Maria Isabel Seabra – Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery
O Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery recebe no próximo sábado, 10 de fevereiro, pelas 21h30, o concerto de Maria Isabel Seabra.
Maria Isabel Seabra, Soprano Ligeiro Coloratura, nasceu em Lisboa em 2001, amando igualmente a cidade de Matosinhos, no Porto, tanto como Lisboa.
Iniciou os seus estudos musicais em 2007, com 6 anos de idade, na classe de violoncelo do professor Miguel Ivo Cruz no Conservatório Nacional de Música de Lisboa.
Quando assistiu ao filme da ópera La Traviata de Verdi, realizado por Franco Zeffireli, apaixonou se pelo canto dando início ao estudo de técnica vocal com sua mãe, a Cantora Lírica, Conceição Seabra Galante.
Em maio de 2015 fez prova de admissão para canto no Conservatório Nacional de Música de Lisboa obtendo nota máxima. Participou como solista na Santa Missa Presidida pelo Senhor Bispo do Porto, D. António Francisco, no Mosteiro de Leça do Balio no dia 29 de abril de 2015, aquando da visita de Sua Alteza Eminentíssima o Príncipe e Grão-mestre da Ordem Soberana e Militar de Malta.
Foi acompanhada em diversas ocasiões pela Orquestra ARTAVE, pela Orquestra do Norte sob direção do Maestro Ferreira Lobo, acompanhada ao piano por Maria Ana de Sousa, pelo Maestro Armando Vidal, João Queirós, Ana Luísa Monteiro, Pedro Vieira de Almeida e por Maria Helena Seabra Galante.
Preço dos bilhetes 7,50€. Para crianças até aos 14 anos, estudantes e maiores de 65 anos: 5€, Desconto de 20% para compras superiores a 10 bilhetes.
Quando: 10 de fevereiro, pelas 21h30
Onde: Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery

Exposição URBEVOLUÇÕES – Museu da Quinta de Santiago
Matosinhos passou, entre o final do século XIX e a segunda metade do século XX, por um importante conjunto de transformações urbanas, impulsionadas sobretudo pela construção do Porto de Leixões. Importantes núcleos habitacionais desapareceram das margens do troço final do rio Leça e o imenso areal que era a atual Matosinhos-Sul deu lugar a estradas, ruas e fábricas. A marca que estas mudanças deixaram na arte é o objeto da exposição “Urbevoluções”, que abre as portas no próximo sábado, 10 de fevereiro, pelas 16 horas, no Museu da Quinta de Santiago.
A exposição, que assenta integralmente na coleção de arte da Câmara Municipal de Matosinhos, estará patente até 6 de maio e apresenta uma viagem diacrónica, da tela de 1887 do pintor portuense Francisco José Resende (1825-1893), onde é possível constatar a ausência de construções nas proximidades do areal da praia de Matosinhos, até ao registo do bulício portuário fixado pelo japonês Hirosuke Watanuki, que se apaixonou por Matosinhos nos anos 1960.
Ocupando as diversas divisões do antigo palacete de Leça da Palmeira, “Urbevoluções” conta com obras de artistas como Agostinho Salgado (1905-1967), Aurélia de Sousa (1866-1922), António Carneiro (1872-1930), Carlos Carneiro (1900-1971), Jaime Isidoro (1924-2009), Augusto Gomes (1910-1976) e Joaquim Lopes (1886-1956), entre outros.
Taxas: 1€ (entrada no Museu) + 1€ (visita guiada)/2€ (visita especial); Domingo das 15h às 18h ENTRADA no Museu gratuita.
Nas visitas, desconto de 50% para portadores dos cartões Matosinhos Jovem e Matosinhos Sénior.
Quando: 10 de fevereiro a 6 de maio|Horário: Terça a sexta das 10h às 13h e das 15h às 18h; Sábados, Domingos e Feriados: 15h às 18h encerra à segunda-feira.
Onde: Museu da Quinta de Santiago

Desfiles de Carnaval Escolar – Leça da Palmeira e Matosinhos
As ruas de Leça da Palmeira e de Matosinhos estão prestes a ser preenchidas por um colorido diferente, muita folia e diversão.
Amanhã, 8 de fevereiro, pelas 10h00, os alunos do agrupamento de escolas de Leça da Palmeira vão dar o “ar da sua graça” e passear por algumas das principais artérias de Leça da Palmeira. O ponto de concentração do desfile de Carnaval é na EB Engº. Fernando Pinto de Oliveira (Rua Sol Poente), passando pela Av. dos Combatentes da Grande Guerra, Av. Dr. Fernando Aroso, Rua Esmeralda Santos e Rua Humberto Cruz.
Já na próxima sexta-feira, 9 de fevereiro, acontecerá o desfile de Carnaval em Matosinhos. Pelas 10h00, os alunos do agrupamento de escolas de Matosinhos, do agrupamento de Escolas Prof. Óscar Lopes, e dos estabelecimentos de ensino privado de Matosinhos vão percorrer algumas das principais artérias do concelho. A concentração será feita junto do edifício da Junta de Freguesia de Matosinhos, passando pela rua Augusto Gomes, rua de Gôa, rua Alfredo Cunha e Parque Basílio Teles.
Vem divertir-te connosco. É Carnaval, ninguém leva a mal!
Quando: 8 e 9 de fevereiro, 10h00
Onde: Leça da Palmeira/ Matosinhos

Hidro Carnaval – Piscina Municipal de Senhora da Hora
A Piscina Municipal da Senhora da Hora promove no dia 9 de fevereiro, pelas 19h15, uma mega-aula de hidroginástica, acompanhada por jogos lúdicos para as crianças.
A iniciativa, que decorre no âmbito da celebração do carnaval, implica indumentária a rigor de acordo com a época festiva em causa, pelo que é obrigatório trazer máscara e, claro, boa disposição.
Mais informações e inscrições na receção da piscina.
Quando: 9 de fevereiro, pelas 19h15
Onde: Piscina Municipal da Senhora da Hora


Baile de Máscaras – Piscina Municipal de Leça do Balio
No dia 9 de fevereiro, pelas 19h00, a Piscina Municipal de Leça do Balio, promove um baile de máscaras.
Traz a tua máscara e um(a) amigo(a). Não vais querer faltar: muito desporto e animação garantida, para clientes da Matosinhos Sport e convidados. Mais informações e inscrições na receção da piscina.
Quando: 9 de fevereiro, pelas 19h15
Onde: Piscina Municipal de Leça do Balio


Carnaval de Lavra 2018
A União das Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo preparam-se para mais um desfile de Carnaval, uma iniciativa da sua organização e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos.
O ponto de encontro para a partida do cortejo carnavalesco é na Junta de freguesia de Lavra, na Rua Padre António Francisco Ramos, passando pela rua de Angeiras, avenida da Praia de Angeiras, rua das Sargaceiras, rua Quinta de Calvelhe, e chegada ao Campo nº 3 da União Desportiva Lavrense.
As ruas de Lavra vão, assim, encher-se de foliões ávidos pelos festejos de Carnaval.
Venha divertir-se connosco. É Carnaval, ninguém leva a mal!
Quando: 11 de fevereiro, pelas 14h30
Onde: Lavra

XXIV Cortejo de Carnaval - São Mamede de Infesta
São Mamede de Infesta está já a preparar os festejos de Carnaval deste ano. O XXIV cortejo de Carnaval de São Mamede de Infesta decorrerá na terça-feira de Carnaval, 13 de fevereiro, pelas 15h00.
A concentração para o desfile será no Largo da Capela do Telheiro, de onde partirá o cortejo, que percorrerá o seguinte itinerário: rua Capela do Telheiro, rua Silva Brinco, rua Godinho de Faria, avenida do Conde, rua da Conceição, rua Dr. Sá e Melo, rua Godinho de Faria, avenida do Conde, rua Padre Costa, avenida Marechal Gomes da Costa, avenida do Conde, rua Godinho de Faria, com chegada na Junta de Freguesia de São Mamede de Infesta.
Junte-se a nós e venha festejar o Carnaval.
Quando: 13 de fevereiro, pelas 15h00
Onde: São Mamede de Infesta

Vem Descobrir a Cascata Gigante – Museu da Quinta de Santiago / Espaço Irene Vilar
Doada ao Museu em maio de 2010, a Cascata Gigante, com cerca de 15m2, é uma reconstrução representativa da Leça de inícios do séc. XX, construída por José Moreira ""o mais velho cascateiro de Leça, localidade em que está ainda muito arreigada a tradição da montagem de grandes cascatas leceiras. Dominam as representações de pormenores, monumentos, tradições e episódios históricos de Leça da Palmeira."
ATIVIDADE: Visita à Cascata Gigante; Atividade de expressão plástica: modelagem em barro ou gesso.
Atividade: 1€ visita guiada + 2€ Atelier l p/ participante. Nº mín. de participantes:5.
Nº max.de participantes: 20. Inscrição Obrigatória. A ação é gratuita para escolas do concelho de Matosinhos; Visita: 1€
Quando: Atividade: Terça a Sexta: 10h-12h/15h – 17h ; Visita: Terça a Domingo e Feriado: 10h-13h/15h - 18h
Onde: Museu da Quinta de Santiago / Espaço Irene Vilar

Feira de produtos biológicos – Jardim Basílio Teles
Aos sábados, das 9h00 às 14h00, no Jardim Basílio Teles, realiza-se uma feira de produtos hortícolas produzidos em agricultura biológica, onde poderá encontrar alternativas de alimentação mais saudável e saborosa.
Quando: sábados das 9h00 às 14h00
Onde: Jardim Basílio Teles

“Coming home” - Galeria Manifesto (Mercado de Matosinhos)
“O espaço Manifesto, em Matosinhos, abriu as suas portas à exposição fotográfica "Coming Home", do aclamado fotojornalista David Guttenfelder, no passado dia 23 de janeiro.
Fellow da National Geographic, David tornou-se o primeiro fotojornalista ocidental a ter acesso regular à Coreia do Norte e nos anos que se seguiram explorou esse isolado país através de reportagens, mas também conseguiu, com o seu telemóvel, adicionar um registo visual do dia-a-dia naquele lugar.
O jornalista partilha assim imagens que de outro modo nunca seriam vistas: imagens, aparentemente fora do domínio noticioso, trazidas das suas viagens e experiências com diferentes civilizações e culturas”. In Visit Portugal
Quando: 23 de janeiro a 31 de março / Horário: 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00
Onde: Galeria Manifesto (Mercado de Matosinhos)

Tesouros da MuMa - Tesouros dos museus de Matosinhos juntos numa exposição única – Biblioteca Municipal Florbela Espanca
Um vaso metálico romano com mais de 1600 anos, um inédito livro de culinária de 1693, um ex-voto de 1745 que ilustra um milagre do Senhor de Matosinhos – as peças mais valiosas dos doze museus de Matosinhos podem ser vistas, até ao dia 3 de março de 2018, na galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca, no âmbito da exposição “Tesouros da MuMa”, que assinala o décimo aniversário da Rede de Museus de Matosinhos.
A mostra reúne mais de 40 obras, exemplos da riqueza e da diversidade de coleções e temáticas dos diferentes museus de Matosinhos. Das artes plásticas à mineralogia, passando pela arte sacra, pelas artes decorativas, pela etnografia, pela arqueologia ou pelo equipamento escolar, a exposição pretende divulgar os valiosos acervos dos núcleos museológicos da Rede MuMa, reforçando a sua visibilidade.
Estão patentes, entre outras peças, o primeiro capacete usado pelos Bombeiros de Matosinhos-Leça, em 1886, o microscópio ótico do cientista Abel Salazar, de 1894, o busto em mármore do único filho do casal que construiu a Quinta de Santiago, da autoria de António Teixeira Lopes, a boia-calção que em 1913 permitiu salvar 89 pessoas no célebre naufrágio do paquete Veronese ou uma carta escrita em 1949 pela Irmã Lúcia ao escultor Guilherme Thedim, autor da icónica imagem de Fátima.
A par da exposição foi ainda lançado um catálogo que constitui um roteiro atualizado dos doze núcleos museológicos do concelho de Matosinhos que integram a rede MuMa, bem como um guias das atividades ali desenvolvidas para o público infantil, nomeadamente visitas guiadas e teatralizadas, e ateliês lúdico-pedagógicos a cargo dos serviços educativos da autarquia.
A entrada é gratuita.
Informações e marcações: telefone: 939 799 008; email: muma@cm-matosinhos.pt 
Quando: até 3 de março de 2018 | horário: Segunda a Sexta: 09h30 > 19h00 | Sábado: 09h30 > 12h30; 13h30 > 17h30
Onde: Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca

Almanaque - Design Português em Revista – Casa do Design de Matosinhos
Está patente, na Casa do Design de Matosinhos, a exposição “Almanaque – Design Português” com curadoria de José Bártolo. A exposição é constituída por revistas da coleção de José Bártolo, que permite recompor cerca de 150 anos de história do design gráfico, da ilustração e da tipografia em Portugal. Mais informações em: http://www.cm-matosinhos.pt/frontoffice/pages/242?news_id=4602 
Quando: de segunda a sexta: 9h00 - 12h30 | 14h - 17h30 |sábados e feriados das 15h às 18h |encerra aos domingos.
Onde: Casa do Design de Matosinhos – edifício dos Paços do Concelho

Noite Triplex – Orfeão de Matosinhos
O Orfeão de Matosinhos promove na próxima sexta-feira, 9 de fevereiro, pelas 21h30, a iniciativa “Noite Triplex” com a participação de Hélder Rocha (dança), António Melo (humor) e Fernando Zamith (jogo de tabuleiro “Vilar de Mouros”), numa noite que se espera prolongada com boa conversa e com o jogo de tabuleiro que conta a história do famoso festival de música.
A entrada é livre.
Quando: 9 de fevereiro, 21h30
Onde: Orfeão de Matosinhos, Rua Brito Capelo, 234

“PODER ARQUITECTURA” – Casa da Arquitectura – Edifício Real Vinícola
“Poder Arquitectura” é a exposição inaugural da Casa da Arquitectura que abriu ao público as portas das suas novas instalações, no renovado Quarteirão da Real Vinícola em Matosinhos, no dia 17 de novembro. Comissariada pelos arquitetos Jorge Carvalho, Pedro Bandeira e Ricardo Carvalho, a exposição vai ocupar os cerca de 800 metros quadrados da Nave Expositiva com uma proposta de reflexão em torno de “oito poderes que se alinham, infletem e divergem entre si”.
Para os comissários, “o poder na arquitectura é um tema fundamental para questionar o modo como a sociedade contemporânea e a arquitectura trabalham em conjunto”. E prosseguem: ” A Arquitectura não é apenas a expressão de um único poder. Reflecte e trabalha a partir de vários poderes. Decidimos por isso isolar aqueles que parecem clarificar esta cartografia complexa. Deste modo surge o poder colectivo, o regulador, tecnológico, económico, doméstico, cultural, mediático e o ritual. No lastro longo da relação entre homem e natureza, cultura e tecnologia estes poderes desempenharam forças de intensidade variável na produção de artefactos arquitectónicos e no desenho da cidade e do território. Hoje, face a uma importância política que desculpa e valida decisões que lesam a coisa pública e o significado das comunidades, parece haver lugar para uma nova reflexão sobre o poder”, lê-se no texto de abertura do livro que acompanha a Exposição, uma coedição da Casa da Arquitectura e da editora suíça Lars Müller.
Aberta ao público de 17 de novembro de 2017 a 18 de março de 2018 na Nave Expositiva da Casa da Arquitectura, “Poder Arquitectura” reúne fotografias, maquetas, livros, desenhos, vídeos, revistas, postais e outros materiais em torno de uma centena projetos de arquitetura construídos à volta do mundo.
Quando: 17 de novembro a 18 de março de 2018
Onde: Casa da Arquitectura – Edifício da Real Vinícola em Matosinhos

Obra "Medida Incerta" – Esculturas de José Pedro Croft - Real Vinícola
Depois de ter representado Portugal na edição de 2017 da mais importante bienal do mundo, em Veneza, a obra “Medida Incerta”, de José Pedro Croft, já está na sua casa definitiva, na Real Vinícola, em Matosinhos.
Ao todo, são seis esculturas em aço, vidro e espelho, com medidas de três por seis metros ligadas a estacas, e que pesam 140 toneladas. O objetivo é refletir a realidade em seu redor.
A estrutura foi adquirida em março pela Câmara Municipal de Matosinhos.
Refira-se que José Pedro Croft é considerado o mais importante escultor português da geração surgida na década de 1980, tendo sido escolhido para criar a obra que representou Portugal na Bienal de Veneza deste ano.
“Medida Incerta” foi pensada para dar sequência à exposição de 2016, dedicada aos complexos habitacionais desenhados por Álvaro Siza Vieira, tendo estado instalada, durante a bienal, na Villa Hériot da ilha da Giudecca, a poucos metros de um projeto do arquiteto, com cuja métrica a obra de arte dialoga.
A instalação definitiva de “Medida Incerta” junto da Casa da Arquitectura, escolhida por José Pedro Croft, permite, assim, retomar o diálogo entre as duas artes, presente na sua génese. O curador da representação portuguesa em Veneza, João Pinharanda, salienta que, a despeito do “diálogo rítmico com a métrica” do projeto de Álvaro Siza, as esculturas de Croft “são claramente autónomas dessa referência”, desenvolvendo “metáforas de energia (aceleração, instabilização e efemeridade, vertigem ou multiplicação)”.
As peças de “Medida Incerta” foram visitadas em Veneza por 16.110 pessoas entre maio e novembro. As esculturas, com uma altura que ronda os oito metros, estão agora distribuídas pelo espaço do antigo quarteirão industrial de Matosinhos, reabilitado pela Câmara Municipal de Matosinhos para acolher a Casa da Arquitetura e a Orquestra Jazz de Matosinhos.
José Pedro Croft nasceu no Porto em 1958. Em 1981, concluiu o curso de pintura em Lisboa na Escola Superior de Belas Artes. A sua obra está representada em diversas coleções públicas e privadas, nomeadamente no Banco Central Europeu, em Frankfurt (Alemanha), no Museu Rainha Sofia, em Madrid (Espanha), no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Brasil) e na Coleção Albertina, em Viena (Áustria).
Em Portugal, está presente nas coleções da Caixa Geral de Depósitos, da Fundação Calouste Gulbenkian, do Museu Berardo e o Centro Cultural de Belém, em Lisboa, na coleção António Cachola, no Museu de Arte Contemporânea de Elvas, e na Fundação de Serralves, no Porto, entre outras.
Quando: horário de inverno: de terça a sexta-feira – das 10h00 às 18h00/sábados, domingos e feriados – das 10h00 às 19h00
Onde: Edifício da Real Vinícola

MAR Shopping Food Experience” - Mar Shopping
O Mar shopping promove fins de semana animados, com eventos e atividades para todos os gostos. De sexta-feira a domingo, a programação é vasta e diversificada, incluindo concertos, performances musicais, workshops, noites mágicas e muito mais. A entrada é livre. Mais informações em: https://www.marshopping.com/pt-pt/matosinhos/events/food-experience-agenda-2018 
Quando: sextas, sábados e domingos
Onde: Mar Shopping

Dominguinhos: viva o Carnaval! – “Pinturas faciais e moldagem de balões” - Mar Shopping
Os Dominguinhos voltaram em 2018 e o Mar Shopping promove atividades lúdicas dedicadas aos mais novos em que estes poderão conhecer curiosidades sobre a natureza. Este domingo é dedicado ao Carnaval, e os mais pequenos terão a oportunidade de desenvolver uma atividade didática. Os “Dominguinhos” são compostos por diferentes temáticas mensais e surgem da parceria com a Catavento, empresa da incubadora de indústrias criativas da Fundação de Serralves, que se dedica a projetos educativos. A entrada é livre.
Quando: 11 de fevereiro, domingo, pelas 11 horas.
Onde: Mar Shopping.